quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Acidente com avião da Gol que matou 154 pessoas completa 10 anos


Acidente com avião da Gol que matou 154 pessoas completa 10 anos

Aeronave caiu numa região de mata fechada em Mato Grosso em 2006.
Boeing se chocou no ar com um jato que seguia para os Estados Unidos.

Um dos piores acidentes aéreos da história do Brasil completa 10 anos nesta quinta-feira. No dia 29 de setembro de 2006, um boeing da Gol bateu em um jato Legacy no ar e caiu, na região de Peixoto de Azevedo, a 692 km ao Norte de Cuiabá. As 154 pessoas que estavam a bordo, entre tripulantes e passageiros, morreram na queda.




O avião fazia o voo 1907 e havia saído de Manaus, faria escala em Brasília, e teria como destino final a cidade do Rio de Janeiro. Os ocupantes do jato, que seguia para os Estados Unidos quando bateu no boeing, conseguiu pousar na Serra do Cachimbo, no Pará. As sete pessoas a bordo saíram ilesas.
Os pilotos americanos do Legacy, Joseph Lepore e Jean Paul Paladino, foram condenados pela Justiça federal em Sinop a três anos, um mês e 10 dias de prisão em regime aberto por terem causado o acidente, mas ainda não começaram a cumprir a pena - que poderá ser cumprida onde os réus escolherem. Os dois ainda não foram notificados da determinação.

10 years ago - faz 10 anos


 


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Acidente da Gol faz 10 anos; pilotos do Legacy seguem livres
 
 
29 SET 2016 07h54
Dez anos depois do acidente aéreo que provocou a morte de 154 pessoas, os dois pilotos condenados ainda não foram presos. Os norte-americanos Joseph Lepore e Jean Paul Paladino, que pilotavam o jato Legacy que se chocou com o boeing da Gol, foram condenados a reclusão de três anos, um mês e dez dias em regime aberto, mas ainda não foram notificados da sentença.