sábado, 19 de julho de 2008

ZERO HORA: Justiça Militar condena oito controladores

Justiça Militar condena oito controladores

Um ano e quatro meses após um motim em Manaus agravar o caos aéreo, oito controladores do Centro Integrado de Defesa aérea e Controle do Tráfego Aéreo 4 (Cindacta-4) foram condenados ontem pela Justiça Militar.

Eles receberam punições que vão de dois meses a dois anos e dois meses de detenção por desrespeito ao Código Penal Militar. Sete deles também perderam o cargo.
Os controladores, que recorrerão da decisão em liberdade, teriam cometido crimes de crítica indevida, desrespeito a superior e incitamento à desobediência. Em protesto contra a sobrecarga de trabalho, falhas nos equipamentos e defasagem tecnológica nos Cindactas, controladores permaneceram aquartelados e em greve de fome dentro do Cindacta-4 no fim de março de 2007. A objetivo era forçar a desmilitarização.

Nenhum comentário: